UM GRÃO DE ANGÚSTIA CAIU NO MEU CAFÉ

Desfiei minha memória                                      



Quando a lua pousou no meu rosto.


Traços indecisos de ti em meu olhar


Eram verticais, eram afiados.


Um grão de angústia caiu no meu café.


Bebi com amargura todas as lágrimas


Do passado-ainda-hoje sem sentir


O que ainda sinto.


Se eu disser que já te esqueci:


Creia,eu mintonãomintonãomintonãomintonão.






Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana