ABENÇOADO SAMHAIN



Abençoada noite

De escuro silêncio,

Sinto a semente

Respirar.

As leis estão suspensas:

A mágica está no ar.

Tudo dilue: o tempo

E o espaço estão calados,

O véu foi suspenso,

Os mistérios negros

Abrem-se. Admire,

Contemple enquanto

A vela queima na janela

E o incenso de menta

Está aceso. Renasça, apenas

Renasça.

Passado e presente, minha

Carne e memória, meu ano

Novo.

Que o sol chegue a 15¼ de

Escorpião: um novo ciclo

Acorda.

Saúdo-te água da vida.

Saúdo-te ventos da mudança,

Saúdo-te fogo acolhedor,

Saúdo-te semente no útero

Profundo da terra.

Que o círculo se abra

Em perfeito amor.




Karla Bardanza




























































Comentários

Postagens mais visitadas na última semana