SE TE FALO DE AMOR




Se falo de amor,

falo bem baixinho,

falo assim com a boca

na tua boca, com os

dentes na tua língua,

com as mãos te arracando

um pouco de sal e sangue.



Se te falo de amor,

falo te comendo com as mãos,

alisando o teu ego ridículo

e imperfeito que não cabe

nem no teu peito.

Falo assim te puxando

pra dentro de mim sem maestria.

Isso já caiu no esquecimento.



Se te falo de amor,

falo com os olhos de água,

o desejo de mar, guardo-te

no fundo de mim e lá

achas todas as minhas pérolas

e um pouco mais.




Karla Bardanza









Observe-me com a leveza de uma bolha de sabão... e ache minha beleza... Ela está ao meu redor...no meu calor...no meu estado permanente de flor.
-Karla Bardanza-

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana