DA PROCURA DO AMOR

Quadro de Dan Schultz





Por muito tempo
ela pensou em achar 
o amor por ai,
como se ele estivesse
nas encostas do paraíso
ou mesmo perto das coisas 
sem nome.

Apenas quando ela
parou de sentir fome que finalmente
entendeu:
o amor não se encontra
do lado de fora.

Aqueles que se procuram,
estão dentro um do outro
desde de antes do verbo
ser mais que o verbo
e da vida florescer
na pré
ou pós-eternidade.

Aqueles que se procuram
estão mortos de saudade
do que já foi
sem ter nunca sido
porque já foi
sentido,
porque já fez
sentido.



Karla Bardanza








Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana