POEMA PARA MIM

Quadro de Gianni Bellini



Meu pensamento desliza
e vai sem mim,
encontrar explicações
para as coisas que estão
além do meu óbvio.

Do outro lado
do meu ver,
há poucas imagens:
apenas aquelas
que arrepiam a escuridão
e
todas elas
não cabem
nesse agora.

Preciso do que
pode existir
nos meus olhos
como
delicadeza
e
ousadia.
Preciso do
que alucina
a palavra
e a poesia.

Talvez apenas assim
eu consiga
estar definitivamente
além
da sensibilidade
das metáforas.



Karla Bardanza








Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados
Photobucket

Comentários

Helô Müller disse…
Palavras de uma poeta das boas! rs
Vc usa e abusa das palavras, Karla, e consegue passar pra gente, um mundão de sensibilidade e beleza!
Bj
Helô
Bom dia!
Seu poema é lindo encanta a alma da gente.
Grande abraço
se cuida

Postagens mais visitadas na última semana