UM AMOR SEM FIM




Laços que nos unem, ténues fios do amor.

Flores rasgam o meu peito, tudo em ti

Foi feito para mim...Braços de alecrim,

Pele de âmbar, olhos de luz, bela beleza

Delicada a me beber, envolver e amar...

Sinto em minhas veias líquido afecto,

Amor concreto, concreto amor, você…

Chegou e agora já sei onde estou...

Tua alma perfumada a me guiar,

Tanto para te dizer, tanto para falar...

Sou desejo lânguido a flutuar...



E flutuo e viajo nesse teu mar,

Tuas correntezas a me levar

Para tão além de onde eu posso

Ficar...Teus oceanos a me buscar

Em total estado de sublime flor...

Querendo sempre mais meu amor.



E eu, respondo ao teu apelo,

Escuto as tuas palavras, meu amor…

Meu amor, que me enfeitiças…

Musa que inspira o poeta,

E me fazes navegar neste mar,

Chegar aquele lugar, onde a terra abraça o céu,

Naquele lugar, só nosso, onde me irás amar.



E deixo-me levar pela magia e sedução…

Nesta balada que me adormece e me levita,

Longe, perto, natureza viva…

O teu perfume adormece o meu olfacto,

E danças com sensualidade para mim,

Só para mim… neste momento de encanto,

Nesta beleza que habita em ti,

Como uma flor que ondula ao vento,

Acendes o meu corpo, despertas o sentimento.



Habitas neste desejo,

Que me consome e me prende,

Neste tempo, sem tempo, que pára...

Nada mais importa, nada mais…

Suspiros em néctares de paixão,

Tu fazes parte de mim.

Limites não há para sonhar,

Eu quero acreditar,

Que o nosso amor não tem fim…



Escrito por Luís F e Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana