SOU MULHER


Sou o que gosto e gosto disso que me consome.

Fome de ser mulher,de querer o que se quer,

de tocar a tua mais profunda e delicada pele.

Mãos a te navegar,mar para morrer e matar,

prazer a me rasgar,tua língua a me devorar...

Segredos espalhados pelo colchão.

No chão teu medo,meu pudor,vinho e uma flor...

E te bebo e sou bebida, sou loucura e vida,

e precisas e precisas de minha boca,de meus

profundos abismos,minhas profundezas a te saudar,

sou um mar,sou o teu mar...Minha beleza a te

acalmar,mansidão depois de encantos,espantos

que inauguramos sempre e sempre que nos tocamos.

Em meus precípícios,teu solistício,tua sede e fome saciada,

tua mais bela e doce morada...E começamos sem parar

e nunca paramos de começar..Prazer a nos brindar,teu corpo

a me chamar...E vamos...Explosão...Estrelas fora do lugar...

Por outro ângulo vejo a vida entrar,meus cabelos

a te enfeitiçar neste momento de ser mulher,

neste momento de me deixar por ti amar...


Karla Bardanza

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana