QUANDO O MEU CORAÇÃO FOI ACORDADO PELOS POEMAS DENTRO DE VOCÊ

Quadro de Valentino Ciusani





esvaziei a cabeça
olhando os teus novos retratos,
contemplando os teus olhos ainda aflitos,
relendo os nossos velhos tratos,
relembrando os mesmos conflitos.

pareces o mesmo homem
com muito menos poesia.
pareces ainda o meu menino,
o mesmo que me roubou o dia
 escrevendo o soneto mais divino
enquanto eu ainda fingia.

e eu que te ensinei a amar
quando amar já não sabias,
e eu que te fiz morrer e renascer
quando você todo já se perdia,
sou nada menos do que posso escrever.

o que temos agora
é o que na verdade nunca tive.
restam porém os poemas, as cantigas, as baladas
daquilo que ainda se revive
e me tornou imortal e encantada
quando dentro do amor estive.

restam as palavras expostas,
a fria delicadeza do que se pode ler.
quando o meu coração foi acordado
pelos poemas dentro de você,
pelo teu amor que ainda me é sagrado,
por tudo que nunca pudemos viver.

___________________________________
Karla Bardanza





Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana