SOU BRASILEIRA DE SEGUNDA A SÁBADO

Quadro de Marco Suali




Sou brasileira de segunda a sábado,
ar cansado,
correria,
a poesia caindo da bolsa
cheia de mundo,
ônibus lotados,
olheiras apenas.

Sou brasileira de segunda a sábado,
dou murro em ponta de faca,
mato um leão por dia,
engulo sapo,
estou um trapo
sexta à noite.

Sou brasileira de segunda a sábado.
Domingo perco a identidade,
a estribeira e tudo de menos e mais,
lembrando que amanhã já é segunda-feira...
Porra...que ela descanse em paz.


Karla Bardanza











Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana