QUANDO CHEGARES NO FIM DO DESEJO E NO INÍCIO DA MINHA VERDADE

Quadro de Ian Daniels





Quando você puder crescer
para dentro e deixar a gentileza
nascer do vento.
Quando você puder me dizer
o que ninguém disse ou ouviu.
Quando você honrar as estrelas
e a grande mágica de todos os dragões.
Quando você entender
os limites que não existem mais
entre a tua vã filosofia e a poesia 
nua da lua.
Quando o êxtase do meu espírito
for igual ao teu.
Quando tiveres em tuas veias
o Vinho da Vida.
Quando dentro de ti habitar
a beleza e a força, poder e a compaixão,
a honra e a humildade.
Quando segurares o vento com as mãos.
Quanto conseguires chegar no fim do desejo
e no início da minha verdade.
Poderás ser o meu mestre
e eu te honrarei pois, o que podes me dar,
não me dáras se não achares em ti
todas as palavras que reverenciam
o amor e o grande mistério das águas.






Karla Bardanza






Copyright © 2012 Karla Bardanza Todos os direitos reservados Photobucket

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana