PARA AMAR MELHOR

o amor - esse estranho ser siderado
e siderante perdeu-se de ti
no exato instante em que tentamos
buscar algo um dentro do outro
assim como quem arranca
explicações de um dicionário.

apetece-me dizer que devemos
apenas parar.

há tanta coisa para encontrar por ai:
devemos falar sobre o comunismo,
Frida Kahlo e aviões que caem
estranhamente em São Paulo.
devemos tocar um ao outro
com as nossas mentes
porque as palavras tem também
o seu valor.

esqueçamos o amor
para que possamos realmente amar.
quero amar-te como amo a mim mesma.
quero viver de alteridades.

a vida somos todos nós juntos
anunciando amanhãs.
não vale a pena demorar
em lugares com pessoas sem eco.

sinto muito mas não consigo
ser simpática se a droga do meu coração
não vai junto.
amo-te, amo tudo e todos mais assim.

karla bardanza 




Copyright © 2014 Karla Bardanza Todos os direitos reservados

Comentários

Postagens mais visitadas na última semana