Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2012

(DES)SENTIDOS

COISAS DA ESPERANÇA

A ÚLTIMA SESSÃO

DÚVIDA QUASE EXISTENCIAL

¨POEMA DIVIDIDO

ESTIGMA E ESTILETE

POENTE

DELTA

ALQUIMIA DE ÚLTIMA HORA

ATÉ QUE ARDE

POESIA NA VEIA

IMENSIDÃO NOVAMENTE

A OUTRA DE MIM

CARTA DE ALFORRIA

APROXIMAÇÃO

POEMA